top of page

COMO A MOBILIDADE URBANA INFLUÊNCIA SUA QUALIDADE DE VIDA



Bicicletas compartilhadas, patinetes elétricos, aplicativos de carona, essas e outras formas de se locomover podem facilitar a vida daqueles que estiverem dispostos a experimentar.

Ganhe tempo, ganhe qualidade de vida, mude a forma de se mover.

O tempo passa a cada momento, o tempo não para, mas se você vive em São Paulo talvez esteja acostumado a parar. Talvez esteja acostumado a permanecer imóvel, por longos períodos, estagnado em um trânsito quilométrico, onde a única coisa que corre é o tempo, fluindo para fora de nossas vidas.

O maior polo comercial e cultural da América Latina, São Paulo, evoluiu rapidamente, em 1872 contava com 30 mil moradores, hoje possui mais de 12 milhões.

12 milhões de pessoas, com suas vidas para viver, problemas para resolver, lugares para conhecer, trajetos para percorrer. Certamente esse volume de agentes se deslocando criariam um desafio para a mobilidade urbana.

Pesquisas indicam que o paulistano gasta, em média, mais de 10% do seu dia no trânsito, quase 1 mês e meio de sua vida entre carros, a cada ano.



20 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page